quarta-feira, 22 de junho de 2016

O Sonho cada vez mais perto...



O Projeto  “Coração na Guiné-Bissau
Logotipo 2016
é um projeto de voluntariado missionário de curta duração desenvolvido em parceria com o Agrupamento de Escolas de Peniche, o Agrupamento de Escolas D. Luís de Ataíde, o Agrupamento de Escolas de Atouguia da Baleia e a Escola Secundária de Peniche. Este surge no seguimento do projeto
Logotipo 2002
Uma Escola no Coração”, desenvolvido no ano letivo 2001/2002 pelas três escolas de Peniche, e tem como entidades responsáveis a ONGD Sol sem Fronteiras e Missão Católica de Cuntum Madina.

Este projeto tem como principal objetivo facultar o desenvolvimento multicultural e profissional, através de uma convivência missionária entre as voluntárias missionárias e o povo guineense. Pretende também fortalecer os laços de amizade já criados entre Peniche e a Guiné-Bissau, despertando todas as comunidades escolares para este Amor que continua bem presente nos corações de todos nós.
As alunas:Mariana, Beatriz, Prof Cristina e a A.A. Rita

Em representação de todos os parceiros irão três professoras de EMRCentre elas a Professora Ana Cristina Marques, da Escola Secundária de Peniche –, duas alunasMariana Rodrigues e Beatriz Lino, da mesma Escola – e ainda uma aluna universitária, antiga aluna da Escola Secundária de Peniche – Ana Rita Santos.
As 6 voluntárias
As seis voluntárias serão ainda acompanhadas pela responsável da Educação para o Desenvolvimento da Sol sem Fronteiras, Cristina Fontes – professora de Português e Inglês.

Em Cuntum Madina, bairro na periferia de Bissau, as voluntárias vão atuar em áreas como a Educação, a Saúde, a Cidadania, a Ecologia e a Missão Pastoral, sob as quais vão ser desenvolvidas diversas atividades e formações ao longo de toda a estadia entre os dias 29 de julho e 24 de agosto. O projeto contempla também uma visita à Escola de São José de Bajob, na qual as voluntárias vão estar com os professores, pais e alunos da mesma.
Um sonho que dura há 14 anos

A pouco mais de um mês de partirmos para a Guiné-Bissau queremos agradecer a ajuda e o entusiamo de todos ao longo de toda a preparação deste projeto, bem como todo o interesse e Amor manifestado ao longo destes 15 anos pelo povo guineense.

Muito obrigado a todos pela amizade e disponibilidade!

Juntos “havemos de voltar à Guiné-Bissau”!

Rita Santos

21/06/2016